R31J

História

A Avenida Montevideu terá sido idealizada na sequência da expansão da zona da Foz velha para o mar, ligando dois importantes pontos estratégicos, outrora defensivos, o Forte de São João da Foz e o Forte de São Francisco Xavier.
O rasgar desta artéria motivou a que famílias da burguesia emergente do Porto ali fixassem a sua morada de família, contemplando o mar e a nova Promenade marítima. Aqui foram ensaiados desenhos de Palacetes que, bebendo das referências de estâncias balneares da Europa, pautavam pela originalidade da linguagem e de ornamentação, num claro desejo de afirmação social.
Foram sendo implantadas, então, grande casas voltadas ao mar e ladeadas por jardins luxuriantes, completadas por zonas de estar exterior em jeito de Terrasse. O projecto da casa de Alfredo Soares Carneiro tem data de 1901 e, segundo os desenhos de época, não sofreu avultadas transformações no seu alçado, até à contemporaneidade.

Conceito

O objectivo proposto será o de tentar a integração do projecto no lugar onde este se insere, através da reinterpretação dos modelos pré-existentes, sem que para tal seja necessário ensaiar mimetismos ou atitudes revivalistas infundadas.
A lógica de dispersão dos volumes principais pretende dar unidade a um conjunto que vive de uma natureza plural na sua forma e modo de implantação no território. A linguagem pretende afastar-se da atitude mais simplista e contemporânea dos grandes volumes envidraçados de inspiração mediterrânica, reutilizando modelos de cariz mais contido na sua abertura para a paisagem e com a especialidade necessária para valorizar o seu interior, entre o clássico e o contemporâneo.





Peças Desenhadas

Tipologias & Villas


VILLA A
A Villa A possui 10 Apartamentos que variam entre o T2 e o T5 duplex com áreas entre 163 m 2 e 290m 2 .
A área social da casa é privilegiada através do desenho das salas comuns organizadas em diferentes zonas, que se prolongam para o exterior através de varandas de dimensões generosas, e comunicam francamente com a zona de cozinha que adquiriu enorme importância nos dias de hoje.

VILLA B
Na vila B A vila B possui 4 apartamentos entre o T2 e T4 duplex com áreas a variar entre 211m 2 e 329m 2 .
Aproveitando a diferente implantação da Villa B, ensaia-se uma variação da organização das zonas de estar, perspectivando sempre a franca relação com o mar aliada ao conforto interno.

Memória Descritiva




Equipa Técnica

Coordenação: António Leitão Barbosa

Arquitectura: R31J ARQUITECTOS
António Leitão Barbosa
Matilde Costa Lobo
Pier Paolo Rotondo
Rui Pinto Ramos

Design: MaPa Atelier de Arquitectura
Marco Aurélio Teixeira
Patrícia Pacheco Pereira
Eduardo Eça Guimarães
Alex Meireles Machado

Paisagismo: Atelier BBV - Arquitectura Paisagista
Luís Guedes de Carvalho
Francisco Guedes de Carvalho
Maura Gouveia Silva
Nuno Leite Costa.